Páginas

15 de ago de 2015

Transição: Voltando aos cachos

 Então gente , aqui é Cláudia Emilene sou iniciante em blog uma doidinha por caracóis (cachinhos kkk). Bom, eu e a minha amiga Ana Carolina criamos este blog juntas haha!

 Vamos lá, nada melhor que iniciar falando da transição capilar, que é o período que deixamos de realizar químicas no cabelo deixando a raiz natural crescer sendo ela crespa ou cacheada afinal, não existe essa de cabelo duro, nosso cabelo é afro, é identidade, força, beleza e muito amor, então vamos deixar esse preconceito de lado . É difícil passar pela transição? É , mas basta ter aceitação e determinação, estou no finalzinho dela, vou contar um pouquinho da história do meu cabelo para vocês.



 Então, eu comecei com essa loucura de cabelo liso ser o padrão da sociedade e achava que o meu era feio, aquele cabelo enrolado, cheio, odiava muitoooo meu volume, tinha vergonha, tanto que só vivia preso cheio de creme, ficava tão feio mais eu me achava linda com o cabelo todo lambido kkk, vou postar as fotos também, passei um bom tempo assim, até que aos 12 anos resolvi alisar o cabelo com amônia, iludida eu achando e ouvindo as pessoas dizerem que iria ficar lindo e que os cachos iriam ficar mais soltos, então alisava de 6 em 6 meses, alisei duas vezes, na primeira vez perdi totalmente meus cachos até que a raiz começou a crescer e eu não gostava e alisei novamente, até que após o segundo alisamento não quis mais conta com química porque eu estava totalmente dependente da chapinha e eu não queria aquilo nunca, já que é horrível e a intensão era outra, fiquei louca porque meu cabelo tava muito feio , aí dei bigudinho ,a partir daí fiquei totalmente ARREPENDIDA por todo alisamento que dei , quando tava me dando conta de que estraguei meu cabelo que era lindo e eu não sabia, então agora serei breve, porque estou escrevendo muito e vai ficar cansativo de ler kkk, após o bigudinho e buscando informações no youtube encontrei várias youtubers e blogueiras que me deram incentivo e inspiração através dos seus vídeos, então me divorciei do alisamento e chapinha e decidi entrar na transição e confesso que foi a melhor coisa que fiz , viver livre com cabelo natural é a melhor coisa e hoje tenho 1 ano e 4 meses de transição. Foi difícil desfaçar a raiz inchada e aturar as piadinhas de mal gosto, mas vale apena, e a melhor coisa é a vitamina T tesouraaa, se livrar da parte alisada por falta de coragem de fazer BC (grande corte, retirar toda parte alisada do cabelo) fui cortando aos poucos.


Espero que tenham gostado e inspirem-se , não tenham medo nem pena de cortar , cabelo cresceee <3 !

9 comentários:

  1. Gostei do post Claudia. Foi muito encorajador e verdadeiro. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,Vanessa
      Realmente é inovador com uma essência de que valeu a pena.
      Abraços,obrigada pelo carinho !

      Excluir
  2. Nossa, a transição faz uma super diferença né?
    Aquelas fotos que tá escrito ''bigudinho'', acho que é isso hahaha, tá lindaaaaaaaaa <3
    www.iamcamilakellen.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Camila
      coloca diferença nisso eim kkkk ,obrigada pelo carinho <3
      Ah! e a parte do bigudinho ali foi realmente antes da transição.

      Excluir
  3. Oii...sabe eu também odiava meu cabelo, devido a sociedade que sempre diz que cabelo escorrido é bonito....Agora já bem amadurecida resolvi abandonar o formol e fui firme na vitamina T kkkkkkkkk
    Fico muito feliz por você ter aceitado seus cachos, você é linda =)
    Beijos.
    Blog GuriasGata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada , eu também sofria bastante com om padrão da sociedade .
      Mas vitamina T foi meu melhor remédio kkkkkk , que bom que teve determinação <3
      Beijos

      Excluir
  4. Olá, tudo bem?

    Recentemente estou passando por uma transição. rsrs. Eu tinha um cabelo bem pretinho e liso, até que um dia resolvi fazer luzes... Até que tava gostando, mas chega um dia que o cabelo está desidratado demais e nada dar jeito. Atualmente estou deixando as luzes saírem... Porém, o que me dói mais é cortar o cabelo para acelerar o processo.

    Seu cabelo tá lindo assim, todo natural. Sempre gostei de cachos, de vez enquanto uso o babyliss.

    Beijo, And!

    Blog Cantinho da And

    ResponderExcluir
  5. Olá Cláudia,


    Eu sempre sou a favor do original ou melhor natural, Deus criou as pessoas perfeitas e não precisa muda em nada, belo post.....bjs.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Cláudia, tudo bem?
    Apesar de não ter passado pela transição eu te entendo muito e como! Quando pequena não me lembro de ter sofrido algum tipo de pressão fora de casa, na escola ou em qualquer lugar. Comigo a pressão era na família mesmo, primos e primas zoavam meu cabelo e isso desenvolveu a ideia de "Meu cabelo não é bonito". Comecei a fazer chapinha e com o passar do tempo fiz minha primeira progressiva. Amei, mas não ficava contente em lavar e deixar secar ao natural...tinha que passar chapinha mesmo assim. Fiz a segunda, meu cabelo murchou, ficou seco, quebradiço e eu resolvi parar com a progressiva. Nisso eu entrei em transição, mas na época eu e ninguém sabia disso de transição capilar e além do mais eu burlei usando chapinha. Na verdade eu não pensava em parar de usar chapinha e fiquei uns 8 anos nessa vida. No ano passado conheci algumas blogueiras, rayza, jujuba doce, mari morena e conheci o mundo das cacheadas mas só no meio do ano que resolvi parar com a chapinha. Cheguei em uma situação critica de ou ficava careca ou voltava ao natural. Hoje estou muito mais feliz, e sei que agora sou eu!


    beijos

    ResponderExcluir

Página Anterior Próxima Página Home
Layout criado por;